No Paraguai com o Demoiselle (II)

Continuando o relato sobre a viagem ao Paraguai, vou contar agora o que aconteceu nos três dias finais da viagem. Nesse período fizemos um verdadeiro dissecamento do Demoiselle, mostrando o seu funcionamento por dentro, os conceitos envolvidos e as técnicas utilizadas para a sua construção. Aproveitamos, também, para conhecer uma pequena parte de Assunção, um dia à pé e outro de carro. Para finalizar, participamos de uma “reunião de trabalho” noturna, onde cada assunto de trabalho vale uma cerveja… 

Primeiro, vamos ao trabalho. Na quarta-feira, 18 de janeiro, fizemos uma apresentação para representantes de diversos órgãos públicos paraguaios. Diferente da forma que normalmente fazemos nossas apresentações, dessa vez começamos com a prática, com o auxílio do Coding Dojo. Se você é um desenvolvedor e não sabe o que é Coding Dojo, recomendo dar uma olhada nessa apresentação: Coding Dojo em 5 Minutos, de Serge Rehem. Construímos, em aproximadamente uma hora, uma pequena aplicação de cadastro que utiliza alguns recursos do Demoiselle. Após demonstrar o funcionamento na prática, fizemos uma apresentação para explicar tudo o que foi utilizado. Depois do almoço, sessão de dúvidas e esclarecimentos. Concluída a agenda do dia, voltamos ao hotel e, como ainda estava claro, resolvemos dar uma volta a pé. De novo, que calor infernal!

A quinta-feira, 19 de janeiro, foi dedicada à apresentar o código interno do framework para o mesmo público do dia anterior. Fazendo uma analogia pouco criativa, desmontamos o Demoiselle e mostramos as suas estrutura internas, concluindo, assim, a nossa parte na agenda do dia. À partir daí, abriu-se espaço para discutir o Framework Estándar, definindo a linha de desenvolvimento a se seguir e a formação dos grupos de trabalho que atuarão no projeto. Para finalizar o dia, agradecimentos de ambas as partes e sentimento de dever cumprido.

Como terminamos nossas atividades antes do previsto, nossos novos amigos paraguaios nos levaram para um rápido city-tour por Assunção. Vimos alguns prédios importantes da capital, como o Gran Palacio Nacional de Paraguay, Catedral de Asunción Paraguay, Teatro Municipal Ignacio A. Pane e a Estación Central del Ferrocarril. Outro ponto turístico muito importante é a Galeria Central. Foi lá que gastamos mais tempo (e mais dinheiro também): eletrônicos originais e custando a metade do preço em relação ao Brasil. Difícil resistir!

Depois do rápido passeio, voltamos à oficina para encontrar o resto do pessoal para o happy-hour ou, melhor dizendo, reunião de trabalho. Fomos para um pub chamado Astoria, que ficava perto do hotel onde estávamos hospedados. Lá encontramos uma bela carta de cervejas, com rótulos do mundo inteiro. Bebemos basicamente uma marca paraguaia chamada Pilsen, que é muito boa por sinal. Aproveitamos para comer alguns petiscos tradicionais, como a Sopa Paraguaia ou sopa sólida, como apelidamos. Basicamente é um bolo salgado de milho, com ou sem queijo, e muito bom. Depois da boa conversa e de muitas risadas, voltamos ao hotel para dormir e se preparar para a volta pra casa.

Afim de adiantar a arrumação, fui dormir depois das duas da manhã. Certo, vou admitir: também fiquei brincando com minhas aquisições da Galeria Central. Depois, uma olhada na Internet, colocar as coisas na mala, banho e, finalmente, dormir.

Acordei por volta das oito, tomei café, fizemos o check-out e, lá pelas dez, estávamos na oficina de mala e cuia. Fizemos uma reunião de fechamento e fomos almoçar em um restaurante chamado Ese Lugar, especializado em comida típica paraguaia. Comi, ou melhor, bebi uma sopa de surubim. Achei interessante, mas não sei se repetiria a dose. Por fim, nos dirigimos ao aeroporto para começar a nossa jornada de volta. De Assunção para Curitiba, conexão em São Paulo e, finalmente, Salvador. Para ter uma idéia do cansaço, basta dizer que saímos às 17:55 e chegamos às 3 da manhã. Foi cansativo, mas valeu a pena.

* Obrigado ao ZyC pelas imagens do post. Como sempre, esqueci de levar a câmera. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s